Voltar

Passo a passo para cobrar pacientes inadimplentes de clínica odontológica

Planejamento e Gestão | por: sinimplante

Pior do que não ser pago é receber uma multa ou até ameaça de prisão por fazer algo indevido sem saber na hora de cobrar paciente inadimplente de clínica odontológica. Continue a leitura para saber quais são suas opções para cobrar sem correr riscos e aumentar as chances de ser pago.

1º PASSO – Conheça as regras para fazer cobranças

Sua paciência está no limite e você começa a pensar em esperar na porta da casa ou do trabalho dele. Nada disso!!! O Código de Defesa do Consumidor estabelece tudo o que não pode ser feito na hora de cobrar o paciente inadimplente de clínica odontológica. Por exemplo, ele não pode ser submetido a qualquer tipo de constrangimento, de ameaça e a qualquer coisa que interfira no trabalho, descanso ou lazer dele. Do contrário, você pode ser multado e até preso.

2º PASSO – Descubra o motivo do atraso

Claro que a obrigação de quem assume uma dívida é pagá-la. Mas pense que há hoje mais de 60 milhões de pessoas inadimplentes no país. Então, concentre-se no que você pode fazer para o paciente não engrossar as estatísticas. Analise se esta é a primeira vez que acontece ou se o paciente já atrasou antes. Não deixe passar muito tempo da data que o pagamento deveria ter sido feito. Mande um e-mail lembrando, é menos agressivo. Se ele não responder, telefone, tente descobrir o motivo do atraso, pergunte quando ele conseguirá saldar a dívida.

3º Passo – Negocie forma de pagamento e até desconto

Bom, na hora de cobrar paciente de clínica odontológica você descobriu que oferecer uma nova data de pagamento não resolverá. Então, tente negociar uma forma de pagamento que comprometa menos o orçamento mensal do paciente. Parcelas menores, embora não sejam tão boas para você, podem evitar um prejuízo e uma situação mais desagradável para ambos. Mas faça um acordo por escrito com as assinaturas das duas partes para o caso de uma quebra de acordo.

4º Passo – Contrate um serviço de cobrança ou entre com uma ação

Caso os outros passos não tenham funcionado, talvez seja hora de contratar uma empresa especializada em cobrança. Uma boa opção é utilizar o serviço de mediação de negociação de dívida do SPC Brasil. Você estabelece as condições que deseja e eles entram em contato com o devedor. Também é possível entrar com uma ação judicial no Juizado Especial Cível (Pequenas Causas) para valor de até 20 salários mínimos. Neste caso, a presença de um advogado não é necessária para acompanhar o processo. Após a abertura, será marcada uma data para a audiência de conciliação onde você e o paciente inadimplente devem comparecer para a finalização do processo.

Veja também:

Postado em 30 de novembro de 2018 as 16:01

por sinimplante em Planejamento e Gestão

POR SINIMPLANTE

NEWSLETTER