Voltar

O que é e por que usar CRM para clínicas odontológicas?

Planejamento e Gestão | por: sinimplante

A gestão de relacionamento com o cliente, ou seja, o CRM (customer relationship manager), define um conjunto de práticas que aperfeiçoa o atendimento ao cliente, tornando a relação cada vez mais próxima e de confiança. Cerca de 65% das empresas percebem a importância dessa estratégia e fazem uso logo nos primeiros cinco anos. Usando o CRM para clínicas odontológicas da forma adequada é possível coletar informações preciosas dos seus pacientes e, assim, dar um atendimento diferenciado e personalizado.

Como fazer a gestão de relacionamento com o paciente de clínicas odontológicas?

Para iniciar a gestão de relacionamento com o paciente de clínicas odontológicas de forma profissional, é melhor usar um software de CRM. Existem diversos tipos disponíveis, com ferramentas que possibilitam e facilitam a administração centralizando as informações do paciente, tais como:

  • Prontuário eletrônico;
  • Agenda online;
  • Registro de e-mail enviados para cada paciente;
  • Lembrete de consultas por meio do envio de SMS ou e-mail para os pacientes;
  • Segmentação de pacientes de acordo com tratamentos passados e necessidades e desejos futuros;
  • Lembrete para retomar o contato com pacientes antigos e oferecer novas consultas.

Dessa forma, fica mais fácil ter uma visão geral dos pacientes da clínica, monitorar as características individuais de cada um, programar interações e personalizar o atendimento. Tudo isso contribui para estreitar o relacionamento e fidelizar.

Quais são as vantagens do CRM para clínica odontológica?

  • Diminui as faltas de atendimentos por meio dos lembretes de consultas enviados aos pacientes;
  • Aumenta a venda de tratamentos, ao oferecer a consulta na hora certa para o paciente;
  • Fortalece o relacionamento e conquista mais pacientes;
  • Fideliza o paciente ao criar a imagem de uma clínica com profissionalismo, organização e suporte;
  • Torna-se referência de bom atendimento para o paciente.

 

Veja também

Postado em 29 de outubro de 2018 as 09:45

por sinimplante em Planejamento e Gestão

POR SINIMPLANTE

NEWSLETTER